Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ainda existem monstros debaixo da minha cama

Segunda-feira, 23.01.12
No teto que olho antes de dormir
Passam números, papéis e
As emoções sorriem disfarçando
A tristeza que escorre devagar
Chega mais perto
Não quero que ouçam agora:
- Meu coração acelera pensando em ti
Querido, um segredo:
- Ainda existem monstros de baixo da minha cama.
Há uma ausência de luz
Que só adormece
Quando meus olhos
Esquecem tudo
A cama balança, treme
Fica gelada, ganha espaço
Desperta, grita
Nesse mesmo teto
Que olho antes de dormir
Não consigo nada
E logo agora que essa claridade
Invade minhas retinas
Mais um segredo, querido:
- Os monstros nunca vão embora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por analopo às 14:56


5 comentários

De analopo a 23.01.2012 às 16:46

assombram sim meu anjo... quando não podes telos na tua cabeça e eles insistem em ficar ...
isso são assombrações :P

De Laura a 23.01.2012 às 17:11

AHAHAHA

Já sei do que falas! Pois, isso sim, são assombrações!!

Kiss**

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031