Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ainda existem monstros debaixo da minha cama

Segunda-feira, 23.01.12
No teto que olho antes de dormir
Passam números, papéis e
As emoções sorriem disfarçando
A tristeza que escorre devagar
Chega mais perto
Não quero que ouçam agora:
- Meu coração acelera pensando em ti
Querido, um segredo:
- Ainda existem monstros de baixo da minha cama.
Há uma ausência de luz
Que só adormece
Quando meus olhos
Esquecem tudo
A cama balança, treme
Fica gelada, ganha espaço
Desperta, grita
Nesse mesmo teto
Que olho antes de dormir
Não consigo nada
E logo agora que essa claridade
Invade minhas retinas
Mais um segredo, querido:
- Os monstros nunca vão embora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por analopo às 14:56


2 comentários

De Laura a 23.01.2012 às 16:37

Inspirada Tu!

Adorei. A imagem também está brutal.
Os monstros não estão debaixo da nossa cama, estão bem perto, sempre, mas em casa não!! No máximo, estão na nossa cabeça! ;)

De analopo a 23.01.2012 às 16:39

os monstros fazem parte daquilko que somos...
e dificilmente conseguiremos manda los embora...
serao sempre assombrações daquilo q queriamos e n tivemos coragem ara fazer ou daquilo q vivemos... ha tb monstros bons... e esses tb nos assombram durante a noite nos nossos pensamentos ;)
beijinho meu amor

desabafar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031